Comunicados

Comunicados aos funcionários terceirizados da Assistência Social do Município do Rio de Janeiro

Comunicado 002 - 23/05/2021

Prezados funcionário(a)s
 
Na última semana, por conta de intimidações e ameaças sofridas pelos funcionários e funcionárias que atendiam em nossa sede em Laranjeiras, trabalhando para esclarecer as questões referentes à rescisão contratual, fomos forçados a interromper nossos atendimentos presenciais por entendermos que a segurança dos funcionários do RH estava em risco.
 
Infelizmente, tomamos conhecimento de que um ex-funcionário da instituição tem incentivado comportamentos violentos na nossa sede e vem intencionalmente exaltando os ânimos de funcionários atuais, causando atrasos desnecessários sobre questões trabalhistas, as quais temos todo o interesse que sejam resolvidas o mais breve possível.
 
Mediante a esta constatação e prezando pela segurança do RH e dos funcionários terceirizados, estamos verificando com nossos advogados como atuar legalmente contra esta pessoa, que não trabalha mais para a organização e que quando desligado da instituição recebeu todos seus direitos trabalhistas conforme consta na lei.
 
Também tomamos conhecimento de informações que não tem comprometimento com a verdade relacionadas às questões trabalhistas da OPJ que circulam pelas redes sociais e WhatsApp, estimulando a desinformação e tumultuando ainda mais a resolução de questões trabalhistas. 
 
Destacamos que qualquer informação referente a questões trabalhistas e de pagamento de salários que não sejam divulgados por funcionários do RH da OPJ não devem ser tomadas como verdadeiras.  
 
Importa destacar que os funcionários do RH, que trabalham em nossa sede realizando os atendimentos, também estão com salários atrasados e se encontram em situação semelhante aos funcionários contratados e demitidos da instituição.
 
Garantimos que a instituição está em constante contato com a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura do Rio de Janeiro procurando resolver os problemas de atrasos e redução de repasses, fato este que também está acontecendo com as demais organizações sociais e seus funcionários terceirizados da área da educação e da saúde. 
 
É importante lembrar que até o início da atual gestão do Prefeito Eduardo Paes, a OPJ nunca havia atrasado sequer um salário de qualquer funcionário. 
 
Dito isso, esclarecemos que, em relação aos salários em atraso, existe uma perspectiva de resolução junto à Secretaria Municipal de Assistência Social até o dia 31 de Maio de 2021.
 
Entendemos a preocupação que esta situação gera em nossos funcionários e nos solidarizamos com a mesma. 
 
No entanto, cabe ressaltar o nosso esforço diário para resolver todas as questões trabalhistas, contando inclusive com a intervenção de vereadores e promotores públicos que se preocupam com a situação dos funcionários bem como dos abrigos e dos abrigados. 
 
Nosso atendimento para resolução de questões trabalhistas será retomado na semana que vem mediante prévio agendamento por contato telefônico. 
 
Direção da Obra de Promoção dos Jovens.

Comunicado 001 - 11/05/2021

Prezados funcionários,
 
Nos dias 12, 13, 14 e 17 de Maio de 2021, os funcionários poderão entrar em contato no telefone (21) 2205-3300, para informações sobre a rescisão de contrato de trabalho.
Lembrando que, devido a pandemia do COVID-19, estamos trabalhando em home Office e os atendimentos presenciais, somente, ocorrerão com data e horários agendados, para assinatura e entrega dos termos de rescisão de contrato de trabalho.