Quem somos

A Sociedade Brasileira para Solidariedade nasceu com o sonho de estimular o encontro do indivíduo com suas potencialidades para que reconheça seu papel na sociedade e possa construir seu futuro de maneira digna.

Nossa Atuação Social

Ao longo de nossa história a instituição teve a oportunidade de trabalhar  com diferentes pessoas beneficiários das nossas ações. 

 

Hoje trabalhamos com foco em projetos relacionados as áreas de saúde, educação, cultura, assistência social e direitos humanos. 

 
 

 

 

 

Nossa História

1952
1952

Data de Fundação da Instituição

Nasce a Obra de Promoção dos Jovens. A instituição é fundada com o objetivo de abrigar jovens mulheres que vinham do interior do país migrando para o Rio de Janeiro em busca de melhores condições de vida.

1970
1970

Trabalho com dependentes químicos

No início dos anos 1970 direcionamos nosso trabalho para o atendimento de pessoas que buscavam se livrar da dependência química. Contando com profissionais de saúde mental, nossa instituição realizava entrevistas e encaminhamento dos usuários para centros de reabilitação qualificados. Este trabalho durou cerca de 30 anos.

2000
2000

Expansão da atuação através de projetos sociais de maior abrangência

Expansão da atuação através de projetos sociais de maior abrangência

Determinada a aumentar a sua atuação na área social, a instituição cria a Sociedade Brasileira para Solidariedade (SBS), marca responsável pela criação e gestão de projetos sociais em educação, saúde, cultura e empreendedorismo. O objetivo da SBS é aumentar a qualidade de projetos sociais para criar meios, efetivos e duradouros, para que pessoas em situação de vulnerabilidade social consigam andar com as próprias pernas e construir um futuro digno.

2002
2002

Nasce o Projeto Cozinhando o Futuro

Cozinhando o Futuro

O projeto nasce com a proposta de promover e apoiar o processo de inclusão produtiva, no paradigma da Economia Solidária, de jovens de 18 a 24 anos em situação de vulnerabilidade social e econômica, incentivando a organização de grupo produtivo no segmento da culinária.

A iniciativa contou com a parceria do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome em cooperação com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O projeto foi finalizado em 2007 e formou centenas de jovens de comunidades carentes que conseguiram emprego após a participação no curso.

2003
2003

Nasce o Ler para Ter

Ler para Ter

O projeto Ler para Ter apresentava a proposta de promover a leitura, entre crianças de comunidades carentes, como condição de inserção social em uma sociedade extremamente urbanizada e dependente da escrita.

O Ler para Ter tinha os objetivos de estimular o pensamento crítico, desenvolver a expressão oral e a comunicação interpessoal e incentivar o uso do imaginário e da criatividade através da leitura e outras ações complementares.

O projeto foi patrocinado pela UNESCO foi  idealizado por Eliane, professora da PUC-RIO. O projeto foi encerrado em 2007.

2004
2004

Atividades com o Poder Público na área de Assistência Social e Direitos Humanos

Após o recebimento de prêmios pelo gerenciamento dos projeto sociais, a instituição qualificou-se para o desenvolvimento de parcerias junto a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro na área de Assistência Social e Direitos Humanos.

Hoje a instituição faz a co-gestão de forma participativa junto ao Poder Público de Unidades de Reinserção Social (URS), Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e os Centros de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), no município do Rio de Janeiro.

2009
2009

Pré-Vestibular Comunitário

Pré-Vestibular Comunitário

Nasce o Pré-Vestibular Comunitário com o objetivo de fornecer ensino de qualidade e com infra-estrutura adequada para atender as demandas dos alunos que querem fazer as provas para o vestibular. Em 2019 o projeto fez aniversário de 10 anos e segue oferecendo as ferramentas necessárias para os alunos que querem prestar o vestibular.

2014
2014

Psicologia Social

Psicologia Social

Nasce o projeto de psicologia social com o objetivo de fornecer atendimentos psicoterápicos para pessoas em vulnerabilidade econômica. Além do atendimentos, o projeto também conta com sessões de supervisão para formandos em psicologia, que participam do projeto como voluntários, sendo um importante polo de formação de profissionais da área da psicologia no município do Rio de Janeiro.

2014

Cirandas das Letras

Cirandas das Letras

Atendendo a demanda de mães e pais nasce o projeto Ciranda das Letras com atividades lúdicas, recreativas, letramento e atividades culturais para crianças e adolescentes.

2016
2016

Let’s Talk

Let’s Talk

Com o objetivo de democratizar o acesso a língua inglesa, nasce o projeto de aulas de inglês Let’s Talk.

2019
2019

Nutrição Social

Nutrição Social

O projeto nasce com o objetivo de fornecer atendimento nutricional gratuito, de maneira a estimular hábitos alimentares saudáveis e de propor um aconselhamento nutricional para enfermidades que podem ser melhor tratadas através da mudanças de hábitos alimentares, como a diabetes.

2019

Vamos a Hablar

Vamos a Hablar

Projeto para ensinar crianças e adolescentes todas as matérias necessárias para ter um bom domínio da língua espanhola.

2019

Jiu-Jitsu

Jiu-Jitsu

Em parceria com o professor Leandro Boueri, a instituição cria o projeto para fornecer aulas gratuitas de JiuJitsu para adolescentes. Além das aulas de JiuJitsu, a parceria com Leandro Boueri permitiu que os alunos recebessem, de forma gratuita, o kimono para a realização das atividades do  projeto.

2020
2020

Atuação durante a pandemia

Atuação durante a pandemia

A instituição organizou uma campanha de doação para envio de cestas básicas para Rocinha, Tavares Bastos, Dona Marta, Campo Grande, Acari e Rio das Ostras para minimizar os impactos da pandemia do coronavírus entre moradores de comunidades carentes. Foram doadas mais de 1.200 cestas básicas.

 

CONHEÇA NOSSOS PROJETOS
Sociais